Plataforma Nuvem

Aplicativos baseados na Internet

Archive for outubro 2011

Oracle lança banco de dados NoSQL

with 2 comments

O Oracle NoSQL Database, que fará parte da linha de produtos “Big Data” da Oracle, oferece tecnologia NoSQL voltada para corporações.

Oracle_NoSQL_Database

O produto será oferecido em duas edições: Community, sob uma licença open source, e Enterprise, sob uma licença comercial. No momento em que este artigo foi escrito, a edição Community ainda não havia sido liberada.

O propósito do Oracle NoSQL Database é fornecer capacidade de leitura e gravação escalável horizontalmente para centenas de servidores, mantendo a latência dentro de limites, com facilidade de administração e um modelo de programação simples.

A base tecnológica é o Oracle Berkeley DB Java Edition. O modelo de dados é chave/valor, com sub-chaves. Há suporte para transações ACID e para alta disponibilidade via replicação.

A aplicação deste novo produto é o gerenciamento de quantidades enormes de dados com esquemas dinâmicos. Alguns cenários de utilização são registros de servidores web, dados de sensores e dispositivos de medição, dados de personalização, dados de redes sociais, armazenamento para dispositivos móveis e desenvolvimento ágil de aplicações.

Ao contrário de muitos produtos NoSQL, o Oracle NoSQL Database não adota o estilo “eventualmente consistente”, que torna o desenvolvimento mais complexo por transferir para os aplicativos a responsabilidade por assegurar a consistência dos dados. Em lugar disto, o banco de dados gerencia a consistência de acordo com opções configuráveis para vários cenários.

Na análise de Daniel Abadi, um aspecto muito interessante é que a Oracle não copiou os produtos similares, mas fez escolhas diferentes.

Written by Fernando Correia

24/out/2011 at 21:25

Publicado em Geral

Tagged with ,

PHPCloud: a oferta PaaS da Zend

leave a comment »

A Zend, a empresa por trás do PHP, a popular tecnologia para desenvolvimento de aplicativos web, anunciou a liberação da sua plataforma como serviço PHPCloud.com.

phpcloud

A plataforma é composta por Zend Developer Cloud e Zend Application Fabric.

Zend Developer Cloud é um ambiente na nuvem para tornar o desenvolvimento mais rápido e mais eficiente. Ele inclui um conjunto de ferramentas PHP, recursos avançados de depuração e ferramentas de colaboração. Não precisa ser instalado, e é gratuito.

Zend Application Fabric permite executar o aplicativo em qualquer infraestrutura de nuvem suportada, incluindo Amazon, Rackspace, IBM SmartCloud e on-premises. Ele inclui várias tecnologias baseadas no Zend Server para melhorar a performance dos aplicativos e minimizar o uso de recursos. Também permite aumentar ou diminuir a quantidade de servidores alocados sem perda de sessão dos usuários. O conjunto é completado com ferramentas de monitoramento e diagnóstico.

Este vídeo mostra como é simples e rápido publicar um programa PHP simples usando o PHPCloud:

 

Andi Gutmans, CEO da Zend, chama a atenção para três fatores de mudança que os desenvolvedores estão enfrentando: mobilidade, que requer o desenvolvimento para diversos formatos e experiências de uso, redes sociais, que estão gerando impacto em aplicativos de negócio, e a nuvem.

Gutmans afirma que o objetivo é prover uma experiência de desenvolvimento muito melhor, e fornecer o melhor ambiente de produção escalável para servir estes aplicativos, e permitir que eles rodem na nuvem escolhida pelo desenvolvedor.

Na análise de Krishnan Subramanian, da CloudAve, esta é uma movimentação lógica da Zend para manter sua relevância em face da adoção cada vez maior de PaaS pelas empresas. A integração da ferramenta de desenvolvimento Zend Studio com a camada PaaS deverá levá-los a conquistar a maior fatia do mercado corporativo de PHP na nuvem. A sua presença corporativa lhes dá uma vantagem competitiva sobre competidores como Appfog e Orchestra (recentemente adquirida pela Engine Yard).

Written by Fernando Correia

20/out/2011 at 14:12

Publicado em Geral

Tagged with , , ,

Microsoft anuncia suporte a Hadoop

with one comment

Os sites Ars Technica, Wired e ReadWrite Cloud informam que a Microsoft anunciou no PASS Summit 2011 planos para suporte à plataforma de computação distribuída Hadoop.

O Hadoop foi desenvolvido pela Yahoo para implementar os princípios de computação distribuída utilizados pela Google, tais como o Google MapReduce e Google File System. O resultado é uma plataforma que alia alta capacidade de armazenamento de dados a capacidades de processamento de dados largamente distribuído.

Hadoop se tornou o padrão para cargas de trabalho envolvendo enormes quantidades de dados. Hoje ele é suportado por empresas como IBM, Amazon e a própria Google. A Microsoft está anunciando que também irá atender a esta demanda do mercado, suportando o Hadoop. A implementação proprietária da Microsoft para processamento distribuído, o projeto Dryad, não está liberada para produção.

Algumas das ações anunciadas são:

  • Integração entre o SQL Server e o Hadoop, para importação e exportação de dados.
  • Integração entre o SQL Server Parallel Data Warehouse e o Hadoop.
  • Implementação do Hadoop no Windows Azure.
  • Suporte ao Hadoop no Windows Server.
  • Integração do Hadoop ao Active Directory para segurança e controle de acesso a dados.
  • Integração do Hadoop às ferramentas de gerenciamento da Microsoft.
  • Integração ao Hive, um data warehouse para o Hadoop.
  • Suporte à análise de dados do Hadoop com as ferramentas de BI da Microsoft, inclusive as novas, como PowerView e PowerPivot.
  • Publicação de dados do Hadoop no Windows Azure Marketplace.

A Microsoft se comprometeu a manter a compatibilidade com a versão oficial do Hadoop e a compartilhar com a comunidade do projeto as implementações que venha a desenvolver. O trabalho está sendo feito em parceria com a Hortonworks, fornecedor de distribuições comerciais do Hadoop que se originou da Yahoo.

Esta iniciativa colocará ao alcance dos desenvolvedores Microsoft e da plataforma Windows Azure as capacidades de processamento distribuído que estão sendo utilizadas com grande sucesso pelos desenvolvedores Java e pelos clientes da Amazon e Google.

Written by Fernando Correia

13/out/2011 at 09:59

Publicado em Geral

Tagged with , , , ,

Adobe compra Nitobi

with one comment

A Adobe incorporou a Nitobi, desenvolvedora do PhoneGap, que é um framework para desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis utilizando tecnologias da Web.

phonegap

Com PhoneGap, utiliza-se HTML, CSS e JavaScript para desenvolver aplicativos nativos para diversas plataformas móveis, com acesso a recursos como acelerômetro, câmera, bússola, contatos, arquivos, localização geográfica, vídeo, áudio, rede, notificações, vibração e armazenamento.

A incorporação da equipe da Nitobi à Adobe irá reforçar o posicionamento da Adobe no mercado de ferramentas de desenvolvimento multiplataforma com tecnologias Web.

O framework PhoneGap em si é open source. Como parte do acordo, a propriedade deste código-fonte e a coordenação do projeto serão transferidas para a fundação Apache. Andre Charland, CEO da Nitobi, explica que a Adobe não ganha dinheiro com royalties sobre runtimes, mas com ferramentas, serviços e soluções.

Um exemplo é o PhoneGap Build, um serviço online que empacota aplicativos HTML, CSS e JavaScript na forma de aplicativos nativos prontos para serem colocados nas lojas de aplicativos Apple iOS, Google Android, Palm, Symbian, BlackBerry e outros.

A aposta da Adobe é que a tecnologia aberta, no padrão Web, terá um grande diferencial competitivo no mercado de soluções para desenvolvimento de aplicativos móveis.

Written by Fernando Correia

7/out/2011 at 08:22

Publicado em Geral

Tagged with , , ,

OpenStack Foundation anunciada

leave a comment »

OpenStack é uma plataforma de computação em nuvem criada pela Rackspace e NASA e adotada por dezenas de organizações como Dell, HP, Citrix, Cisco, MercardoLibre, CERN, Sony Computer Entertainment America, Fidelity, Disney, NeCTAR.

openstack-logo

A Rackspace, coordenadora do projeto, anunciou a intenção de criar uma fundação, chamada OpenStack Foundation, para assumir a governança do projeto e propriedade das marcas.

Este é um desenvolvimento natural tendo em vista a maturidade do projeto e o envolvimento da comunidade. Em um ano de existência o projeto OpenStack lançou 4 versões e já alcançou uma adoção significativa.

Na análise de Krishnan Subramanian, o OpenStack está influenciando o posicionamento do mercado de nuvem por fomentar provedores de serviços concorrentes da Amazon e por viabilizar a criação de nuvens privadas.

Written by Fernando Correia

6/out/2011 at 08:14

Publicado em Geral

Tagged with , ,